Equipe e FAQ

O Jornal do Camões faz parte da proposta de multiletramentos em Língua Portuguesa idealizada pelo professor Antonio Archangelo. O nome é uma homenagem ao poeta Luis Vaz de Camões.

Luís Vaz de Camões nasceu em Lisboa ou Coimbra, entre 1524 e 1525, filho de Simão Vaz de Camões e Ana de Sá e Macedo. Na juventude, alista-se no Exército da Coroa portuguesa, embarcando, em 1547, para a África como soldado, onde perde o olho direito em Marrocos no combate aos ceutas. Cinco anos depois, retorna a Portugal, vivendo na boemia, até envolver-se em conflito com um funcionário real, que saiu ferido, o que o levou ao encarceramento. Em 1553, é enviado para a Índia, onde participa de algumas expedições militares, chegando, três anos depois, à China. Lá, trava contato com a jovem Dinamene, por quem se apaixona. Tempos depois, Dinamene é vitimada por um naufrágio e termina se afogando. Reza a lenda que, apesar de estar a bordo, Camões não conseguiu salvar a amada, mantendo apenas o manuscrito de seu poema Os Lusíadas em uma das mãos, enquanto ocupava-se em nadar com a outra. Ademais, a tragédia leva à inspiração de vários poemas, sendo o mais famoso o intitulado como A Saudade de Ser Amado.

Apesar da consagração em vida, o autor lidava mal com a administração dos lucros das suas obras publicadas. Assim, em 10 de junho de 1580, termina falecendo na capital em estado de absoluta miséria. Ainda assim, é considerado, junto à Fernando Pessoa, como o maior nome da poesia portuguesa, tendo atingido o status de celebridade nacional sempiterna. Seus restos mortais encontram-se, atualmente, em um mausoléu no Mosteiro dos Jerônimos, em Lisboa.

Texto originalmente publicado em <https://www.infoescola.com/escritores/luis-vaz-de-camoes/>

Como participar do Jornal do Camões?

Divisão por funções

Composição da nota

Funcionamento do Método por Bimestre

Exemplo de inclusão de tema norteador na Rede

Equipe

2021 (E.E Zita de Godoy Camargo)

Curadoria (docentes): Professores disponíveis para serem consultados pelos alunos, encaminhando e validando o caminho em busca de informação, sobretudo digital.

Mentoria (docentes): Professores que trabalharão para motivar, orientar e acompanhar o andamento no cumprimento de prazos estabelecidos pelos próprios participantes.

Banco de fontes (docentes): Professores e especialistas que desejam ser consultados na produção de conteúdo específico na sua área.

Editor-chefe/Produtor (discente): Responsável pelo andamento do projeto, corrigindo rotas e intervindo para garantir a entrega de conteúdos relevantes as plataformas.

Produtores de Conteúdo (discentes/docentes): Responsável por produzir demandas específicas para determinada plataforma.

Comentaristas/Colunistas: Avaliadores dos conteúdos, deixando comentários, fazendo sugestões, dentre outras.

Compartilhadores: Compartilhadores de conteúdo com mensagens opinativas de relevância.

Observadores: Acompanham os sites, assistem os vídeos, escutam os áudios, seguem o podcast, etc.

FAQ

Sobre os projetos: Estou com dúvidas, afinal o que estou fazendo aqui? Tire suas dúvidas:

1- Estou no grupo do projeto, o que devo fazer?

Resposta: Compete ao aluno procurar integrantes mais experientes (como os editores) para sanar suas dúvidas. Entre suas obrigações podemos citar: participação na reunião semanal, fazer e divulgar seu portfólio reflexivo, cumprir com sua função no projeto, fazer as atividades do cmsp, participar das aulas/grupos de estudos, além de entregar a autorização de uso de imagem e uma foto para constar no site do projeto.

2- Como participar do projeto definirá minha nota?

Resposta: Sua nota será dada pela participação ativa e engajada no projeto cumprindo os itens acima mencionados. A prova é a entrega e publicidade do portfólio reflexivo.

3- Sou produtor de conteúdo, o que devo fazer?

Resposta: Se colocar a disposição e entregar produtos solicitados que podem ser de uma peça publicitária, a um lide, uma encenação, uma declamação… Você deve procurar o editor do projeto para se inteirar. É obrigação do aluno correr atrás e entender como se dará o processo de participação. Além de registrar suas reflexões sobre o processo em seu portfólio reflexivo.

4- Sou comentarista, o que devo fazer?

Resposta: Comentar em todos os links direcionados no grupo do WhatsApp do projeto. Utilizando para isso a “Norma Padrão” da Língua Portuguesa. Além de registrar suas reflexões sobre o processo em seu portfólio.

4- Sou compartilhador, o que devo fazer?

Resposta: Compartilhar em todos os links direcionados no grupo do WhatsApp do projeto. Utilizando para isso a “Norma Padrão” da Língua Portuguesa. Além de registrar suas reflexões sobre o processo em seu portfólio.

5- Sou observador, o que devo fazer?

Resposta: Observar e registrar suas reflexões de todo o processo (produção, compartilhamento, comentários) do projeto. Utilizando para isso a “Norma Padrão” da Língua Portuguesa. Além de registrar suas reflexões sobre o processo em seu portfólio.

6- Não tenho tempo, o que fazer?

Resposta: O tempo destinado ao projeto é o mesmo destinado as aulas de Língua Portuguesa, aproximadamente seis horas semanais. Lembre-se alunos matriculados possuem a obrigação legal de cumprir a carga horária a distância ou presencial com atividades escolares. Lembrando que na modalidade a distância a utilização do tempo é o aluno que define.

7- O projeto é optativo?

Resposta: Não, o projeto é obrigatório e substitui o ensino tradicional, focando em atividades significativas.

8- Ainda não faço parte do projeto, o que fazer?

Resposta: Procurar o professor responsável para sua inclusão no projeto.

9- Quanto tempo o projeto dura?

Resposta: A expectativa é que o aluno percorra a trilha de método Camões a cada dois meses. Ou seja, mude de projeto a cada dois meses, percorrendo outros projeto e desenvolvendo outras habilidade.

10- Devo avisar quando compartilho, comento ou observo?

Resposta: Compete ao aluno dar publicidade as suas reflexões, assim como a sua participação em cada tarefa desenvolvida.

11- O que é portfólio reflexivo?

Resposta: Documento pelo qual o aluno registrará toda sua produção e opiniões sobre a participação no projeto diariamente. Ele pode ser feito de qualquer formato, incluindo o próprio site do projeto.

Equipes Anteriores

2021(Ex-membros)

  • Ana Paula de Oliveira dos Santos (2ªB);
  • ALEX ROSIN DE SOUSA PEREIRA (2ªB).

2020 (E.E Januário Sylvio Pezzotti)

Alunos que participaram no projeto em 2020, na Escola Januário Sylvio Pezzotti, Rio Claro/SP:

Editor-chefe/Produtor (discente):

Produtores de Conteúdo (discentes/docentes):

Prof. Antonio Archangelo

Não se muda o mundo na inércia.

Idealizador do Jornal do Camões como forma de multiletramentos em Língua Portuguesa para alunos da escola pública durante a pandemia. Conheça mais aqui

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close