Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Uma última vez, parte III: experiências até o final de mais um ciclo

Mais um. Mais um ciclo que acabou, uma fase que terminou.

No começo do Ensino Médio muitos comemoram os poucos anos que ainda restam na escola, ‘é só mais dois anos, passa rápido’, dizemos. Pois é, passou rápido, tão rápido que nós nem percebemos. E a pandemia, que veio de uma hora para outra, impedindo e paralisando muitas coisas, inclusive a escola. Pois é, de repente os anos que faltavam para terminar seriam em casa, com ensino remoto, em EAD, que muitos podemos concordar que não ajudava em muita coisa.

No começo eram só 15 dias em casa depois 1, 3, 6 meses e isso tudo continuava. Ainda estávamos em casa. E aí, um ano se passou, quem estava no Ensino Médio já imaginava que terminaria seus estudos em casa. Isso me incluía também.

Durante a pandemia muitas escolas decidiram mudar para o período integral, e a escola que eu estudava era uma delas. Eu não queria estar no período integral, então, procurei outra escola para terminar os estudos, mas a resposta era sempre a mesma: ‘não temos vagas’. Acabei decidindo que continuaria na escola em que estava. Depois de um certo tempo, olhando as minhas notas no boletim digital, percebi que lá estava um nome diferente, não era o nome da escola que eu estudava, mas de outra. Fui procurar me informar sobre o que estava acontecendo, e no meio de tudo aquilo, eu tinha mais um problema para lidar…

A Secretaria da Educação havia me mudado de escola, isso sem me informar e as escolas que estavam envolvidas. Agora eu tinha que refazer a ficha escolar e recuperar notas que foram perdidas nessa bagunça toda. Depois que as coisas se organizaram. O Estado informou que as aulas iriam retornar híbrido ou presencial.

Fui tomada por um sentimento de felicidade e ao mesmo tempo de medo. Eu retornaria para uma escola que nunca havia estudado antes, com pessoas que eu não conhecia. Mas uma coisa me tranquilizava, minha melhor amiga estava na sala ao lado da minha, ela estava no primeiro ano do ensino médio e eu no terceiro. ‘Como assim terceiro? Já passou o segundo ano?’ Foi aí que finalmente caiu a ficha. Eu estava quase no final do último ano do Ensino Médio.


No começo das aulas presenciais, não havia muita gente nas salas e nem na escola, as aulas voltaram apenas com 50% dos alunos nas escolas, em uma semana iria um grupo de alunos e na próxima semana outro. Na semana que ficávamos em casa tínhamos que ver as aulas online para não termos faltas. Chamaram isso de ensino híbrido. Pra mim isso era uma coisa boa, eu não queria estar rodeada de pessoas desconhecidas. Depois de um tempo, eu fui me acostumando novamente com tudo aquilo que estava acontecendo. Comecei a conhecer novas pessoas, isso foi muito bom. Quando menos esperava, eu tinha um melhor amigo na sala em que eu estava. Passávamos boa parte da manhã rindo de piadas que só nós entendíamos sobre o que se tratava.

Depois de um tempo fomos informados que 100% dos alunos teriam que, obrigatoriamente, voltar às escolas, o Ensino Híbrido tinha acabado. No começo, eu não gostei nem um pouco da ideia dos dois grupos da sala se juntarem, eu teria que me acostumar de novo com pessoas diferentes. Mas por fim não demorou muito para me acostumar com as pessoas diferentes ao meu redor de novo.


Quando menos percebi, eu fazia parte de um grupo de cinco alunos, contando comigo. Nem se quer parecia que nós nos conhecíamos a pouquíssimo tempo, parecia que nós já tínhamos anos de amizade. Por três meses parecia que tínhamos esquecido que às aulas já estavam acabando e o nosso Ensino Médio também. Por algum momento parecia que o tempo tinha parado pra gente, fizemos tantas coisas em período tão curto. Parecia que havíamos vivido todo o tempo perdido na pandemia, foi tudo muito incrível. Mas quando menos percebemos estávamos no nosso último dia de aula, a última vez que estaríamos dentro daquela sala todos juntos. Nunca pensei que sentiria saudades da escola antes mesmo de sair de dentro dela ou de descer às escadas e olhar para os quadros coloridos em frente, eu nunca mais vou ter aquele momento de novo no mesmo lugar e com as mesmas pessoas.


Esse foi o final do meu Ensino Médio, de mais uma etapa que se passou na minha vida e na dos meu amigos. Mas está tudo bem. Momentos se encerram para começarmos uma nova etapa.
De uma coisa eu sei, pretendo levar as amizades que fiz na escola nesses últimos momentos para vida toda. Só tenho a agradecer aos professores e aos meus amigos por me proporcionarem o melhor fim de Ensino Médio. Obrigada.

Glaucia Vitória Almeida Mendes.
18/12/2021.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close