Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Aluna-poetisa de escola pública lança livro de poemas pela Editora Sabinuss

No fim do mês de outubro, ocorreu o lançamento do livro de poemas da aluna-poetisa da Escola Estadual Januário Sylvio Pezzotti, localizada no Jardim Novo, em Rio Claro/SP. Kemely Vanzo, de 16 anos, publicou sua primeira obra pela Editora Sabinuss na plataforma Clube de Autores, que está à venda na em formato físico ou e-book: em papel Offset com acabamento brochura com orelha, pelo preço sugerido de R$34,80 e por R$25,19 em formato e-book.

“A autora deste livro é como a fênix, que no meio de todo o jogo político e interesseiro das pessoas que dizem querer ajudar, ela absorve todo esse sentimento e se recupera de uma maneira única, tentando fugir de ser uma mera vítima do sistema”, disse Kauhan Sabino, no prefácio do livro de poemas.

“A Poetisa das Lágrimas” está à venda em https://clubedeautores.com.br/livro/a-poetisa-das-lagrimas. No livro, os poemas expressam os profundos sentimentos de uma adolescente, com pitadas de melancolia.

Confira a entrevista exclusiva:

QUINCAS BORBA: Como você se sente em ter seu livro publicado com a ajuda da Editora Sabinuss?

KEMELY: Me sinto agradecida imensamente pela ajuda da Editora Sabinuss e extremamente feliz por publicar meu tão amado livro.

QUINCAS BORBA: De onde vem suas inspirações?

KEMELY: Elas vêm de momentos vividos e dos sentimentos sufocantes que sinto.

QUINCAS BORBA: Como descobriu esse talento e gosto por escrever?

KEMELY: Era uma noite confortável, eu gostava de escrever algumas frases rimando; até que, conversando com um amigo, ele falou que parecia poemas e me incentivou, foi ai que deu inicio ao meu primeiro poema “Noite” que escrevi naquela mesma noite.

QUINCAS BORBA: O que diria agora para pré-adolescentes e adolescentes que queiram escrever também, porém têm vergonha? Teria alguma dica ou motivação?

KEMELY: Compreendo quando sentem vergonha de escrever ou mostrar para alguém, um conselho que eu dou é para que vá escrevendo para você mesmo. Quando se sentir confortável, pode publicar em algum aplicativo de livros, têm alguns aplicativos onde você poderá publicar anonimamente, e quando se sentir confiante poderá ver sua obra crescendo e sendo reconhecida por mais pessoas. Não tenha medo de escrever o que sente/pensa, tenha medo de não ter nada para escrever.

QUINCAS BORBA: O que você quer ser no futuro? Como você acha que essa parte da sua escrita pode contribuir nisso?

KEMELY: Minha meta é ser psicóloga, e eu acho que a minha escrita terá uma boa contribuição para isso, escrever esses poemas foi uma forma que achei para desabafar e não ser de, alguma forma, consumida por esses sentimentos. Sinto que dessa forma, incentivando a escrita (ainda mais de seus sentimentos), poderei estar ajudando alguém.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close