Hamurabi, Código Filipino e a subjugação da mulher

Nas aulas dessse dias, montamos um plano de como vai ser a entrevista com o diretor da escola pelo Jornal do Camões.

Conversamos também sobre os direitos das mulheres e discutimos sobre o assunto. Na mesma aula, lemos algumas leis antigas e demos conta que a mulher não era respeitada na época e, nem tinha seu valor. Confira:

Código de Hamurabi

Sexto rei da Suméria Hamurábi, da primeira dinastia babilônica, no século XVIII a.C., na Mesopotâmia. É um código baseado na lei do Talião, que representa uma dura retaliação do crime praticado e de sua pena. Confira:

Confira o texto:

X - MATRIMÔNIO E FAMÍLIA, DELITOS CONTRA A ORDEM DA FAMÍLIA.
CONTRIBUIÇÕES E DOAÇÕES NUPCIAIS

128º - Se alguém toma uma mulher, mas não conclui um contrato com ela, esta
mulher não é esposa.

129º - Se a esposa de alguém é encontrada em contato sexual com um outro, se
deverá amarrá-los e lança-los nágua, salvo se o marido perdoar à sua mulher e o rei a seu escravo.

130º - Se alguém viola a mulher que ainda não conheceu homem e vive na casa
paterna e tem contato com ela e é surpreendido, este homem deverá ser morto, a
 mulher irá livre.

131º - Se a mulher de um homem livre é acusada pelo próprio marido, mas não
surpreendida em contato com outro, ela deverá jurar em nome de Deus e voltar à
 sua casa.

132º - Se contra a mulher de um homem livre é proferida difamação por causa de
 um outro homem, mas não é ela encontrada em contato com outro, ela deverá saltar no rio por seu marido.

133º - Se alguém é feito prisioneiro e na sua casa há com que sustentar-se, mas
a mulher abandona sua casa e vai a outra casa; porque esta mulher não guardou sua casa e foi a outra, deverá ser judicialmente convencida e lançada nágua.

134º - Se alguém é feito prisioneiro de guerra e na sua casa não há com que
sustenta-se e sua mulher vai a outra casa, essa mulher deverá ser absolvida.

135º - Se alguém é feito prisioneiro de guerra e na sua casa não há de que
sustenta-se e sua mulher vai a outra casa e tem filhos, se mais tarde o marido
volta e entra na pátria, esta mulher deverá voltar ao marido, mas os filhos deverão seguir o pai deles.

[...]

Código Filipino

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Categorias NAIARA ANTUNES DOS SANTOS (1ªE), Portfólio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close