Camões amplia rede com a criação de “Quincas Borba” na escola Marciano

A Escola Estadual Marciano de Toledo Piza, de Rio Claro/SP (Foto: Divulgação Redes Sociais)

A Escola Estadual “Marciano de Toledo Piza, de Rio Claro, ganhou nesta manhã de terça-feira, 16 de fevereiro, o Jornal Escolar “Quincas Borba”. O projeto idealizado pelo aluno e poeta do Ensino Médio Kauhan Sabino.

O Jornal faz parte do esforço promovido pelo Jornal do Camões que visa criar uma rede de jornais escolares. Sabino iniciou seu trabalho,em 2020, na Escola Estadual Januário Sylvio Pezzoti, também em Rio Claro, onde a metodologia foi iniciada pelo professor de Língua Portuguesa, Antonio Archangelo.

“A ideia é criar uma rede encampada pelos alunos que participaram do projeto do Camões para que possam semear novos jornais escolares nas escolas públicas estaduais”

disse o professor Antonio Archangelo

O Jornal do Camões digamos que é a história do Quincas Borba, o Camões é o primórdio do Quincas Borba, pois foi daí que obtive todo o conhecimento sobre a administração do grupo do jornal, que participei em 2020. Estivemos com o professor Antonio que nos ensinou tudo sobre texto jornalístico, tivemos aquela interação com os outros participantes do jornal. Então a importância do Jornal do Camões foi de fato muito grande. Já a minha expectativa para o Quincas Borba é de que seja como o Jornal do Camões só que em outra escola: a escola estadual de período integral Marciano de Toledo Piza. Que esse ano de 2021 seja muito bom em relação a escolaridade e a educação e que o jornal possa mediar um pouco disso, que ele possa promover cultura acima de tudo

disse o aluno Kahuan Sabino

Quincas Borba

Quincas Borba é o personagem principal do livro Quincas Borba do escritor Machado de Assis. Nasceu em fascículos, no ano de 1886, o “filósofo louco de Barbacena” e conselheiro de Brás Cubas, de quem foi colega na infância.

JORNAL DO CAMÕES

O Jornal do Camões faz parte da metodologia desenvolvida pelo professor de Língua Portuguesa, Antonio Archangelo, em 2020, utilizando como embasamento teórico os ensinamentos do pedagogo francês Celestin Freinet (1896-1966) e o multiletramento sistematizado pela professora do Departamento de Linguística Aplicada da UNICAMP, Roxane Rojo. Criado em 2020, na Escola Estadual Januário Sylvio Pezzotti, a técnica faz parte de uma série de ações em diversos meios e plataformas e foi deflagrada no início do isolamento social devido a pandemia de COVID-19, que paralisou as atividades presenciais das escolas da rede estadual de ensino do Estado de São Paulo, como alternativa ao ensino e letramento de Língua Portuguesa aos alunos dos anos finais do Ensino Fundamental.

As escolas interessadas em aderirem a Rede do Camões de Jornais Escolares podem entrar em contato com o e-mail jornaldocamoes@gmail.com e poderão receber oficinas, capacitações e um site pronto. Para conhecer mais sobre o Jornal Quincas Borba acesse: https://jornalquincasborba.wordpress.com.

*Reportagem/Texto por Aline (3ªB), Ana Paula (2ªB) e Alex (2ªB)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close