Pandemia fecha postos de trabalho, mas também incrementou lucro com delivery


Reportagem feita por Guinter Samuel e Pedro Leonardo

Foto de www.acidadeon.com

Portas fechadas, aferição de temperatura na porta dos estabelecimentos, apreensão… Como que o comércio reagiu ao fechamento das lojas ao público conforme determinação municipal? Com esta questão em mente, a reportagem do CAMÕES conversou com comerciantes que contaram um pouco sobre o “novo normal” do comércio.

Junto com a pandemia vieram várias condições a serem impostas, e uma delas é a do fechamento “obrigatório” dos comércios, pode-se dizer que ela foi respeitada, porém todos sabemos que uma hora as coisas teriam que abrir novamente. Para o comerciante X ( que não quis se identificar), as lojas não deveriam ter fechado, a imposição eliminou diversos postos de trabalho e o fechamento de lojas.


“As lojas não deveriam ter fechado, apenas mais fiscalização, respeito na questão do distanciamento, com máscara e com gel. A minha loja não passou por nem um problema, até porque eu sou o único presente nela e estou respeitando as normas, usando máscara, álcool em gel e o distanciamento, se a minha loja tivesse fechado, ela não teria mais condições de abrir, por conta das dívidas que viriam.”

disse o primeiro comerciante entrevistado.

Mas nem tudo é histeria, o isolamento social também se apresentou como uma oportunidade de negócio para estabelecimentos que apostaram na entrega ao domicílio (delivery). Este foi o caso do segundo comerciante entrevistado pela reportagem.


“Aqui na minha lanchonete não tivemos prejuízo, na verdade, isso tudo fez com que lucrássemos mais, o nosso salão fechou, porém o nosso delivery estourou e graças a panfletagem nós acabamos ganhando mais clientes, estamos seguindo todas as normas impostas pela vigilância sanitária está tudo em ordem. Aqui trabalham 25 pessoas e nenhuma foi contaminada, o que nos leva a crer que estamos fazendo tudo da maneira mais correta possível, para deixar os funcionários seguros.

disse um comerciante.

Como cita a Declaração dos Direitos Humanos, viver saudável também deve incluir acesso a “segurança social”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close